A neutralidade da Internet…


Save the Net Now
…ou se preferirem o acesso livre à web.

A primeira vez que me lembro de ter lido alguma coisa sobre o assunto foi no livre “Nós, os Media” do Dan Gilmor. Porém, apenas com os mais recentes posts do Paulo Querido (http://pauloquerido.net/2006/11/neutralidade_questao_politica_mundial) sobre a Neutralidade da Internet, com vários links bastante relevantes para artigos sobre o assunto (http://weblogger.wordpress.com/2006/11/03/nao-a-internet-a-duas-velocidades/ | http://teseeantitese.wordpress.com/2006/10/23/acerca-da-net-neurality/ | http://en.wikipedia.org/wiki/Network_neutrality), é que tive noção do debate que existe, desde há algum tempo a esta parte nos Estados Unidos da América.

Decididamente, este é um assunto a acompanhar, uma vez que a web como a conhecemos actualmente sofrerá, de certeza, consequências negativas se o o fim da neutralidade da Internet se concretizar.

Felizmente parece que os resultados das recentes eleições norte-americanas foram bastante positivas para o movimento a favor da manutenção da neutralidade da Internet:

Internet Freedom Fighters to Take Command in Congress
The election results are good news for anyone who cares about the free and open Internet. Reps. John Dingell (D-Mich.) and Ed Markey (D-Mass.) — both strong supporters of Net Neutrality — will most likely take command of telecommunications…

No entanto, esta foi apenas uma batalha ganha, onde o importante será ganhar a guerra.

O estado da blogosfera – 3Q 2006

Posts per dayFoi ontem publicado o State of the Blogosphere, 3º trimestre de 2006, com alguns números muito interessantes.

Segundo David Sifry, o Technorati acompanha mais de 57 milhões de blogues, sendo que em cada dia são criados cerca de 100 000 blogues. Porém para mim, o dado mais impressionante é que por dia são publicados aproximadamente 1.3 milhões de posts. O “relatório” completo pode ser consultado em http://www.sifry.com/alerts/archives/000443.html.

BloggerView #10: Laurent Haug

My next bloggerview is with Laurent Haug, one of the bloggers of Ballpark’s blog –
Interactive thinking
, a consultant and entrepreneur, co-creator of coComment, and most important, founder of the LIFT conference, that will take place in Geneva, 8-9 February 2007. Please enjoy Laurent answers.

1.When did you start blogging? What were the main reasons that take you start blogging?
Laurent Haug: January 9, 2001. A post about many things, amihotornot.com among others… http://bohellz.blogspot.com/2001_01_01_bohellz_archive.html#1902679

2. What were your reasons to christen your blog as you did?
LH: Interactive thinking, I think it’s pretty much what I want to do: brainstorm with the readers, and start a two way conversation

3.Do you have any specific goals or objectives you want to achieve with your blog? What are they?
LH: I actually do blog to:
– keep a record of what I find interesting
– work on communicating and organizing my thoughts (big challenge for me)
– keep in touch with my friends, coworkers, and clients so that they know what I am thinking about, reading, doing, etc…

4.In your opinion, what role could blogs play in the future, for instance at companies or at schools?
LH: I think blogs will be a good starting point for people to turn to content creation. It’s an important tool because it forces you to not only be passive (= reading) on the web, but to contribute and become active.

5.What do you think will be the future of blogs over the next couple of years?
LH: I think blogs won’t be here in the future. I think what makes blogs different now (two ways communication, micro-publication) will be deeply embedded in any website. So the impact of blogs will be that they helped launch and popularize discussion on websites.

6. How many feeds do you have on your news aggregator? What news aggregator do you use? Why?
LH: I read around 100+ feeds on bloglines. Why bloglines? Because it’s online and I change computers a lot.

7. What do you think about RSS? What role do you think RSS can play in future, for instance in the relation between government and citizens?
LH: RSS is nice. Now I don’t expect anything big from RSS. Information is big, containers are not very important. And for RSS to play a role it has to get a better name and become much easier to use. My grandma is still very much puzzled by bloglines and its underlying principles.

8. What do you think is the most important thing happening in the Web, now? Why?
LH: I think the most important trend is the arrival of the corporate world in web 2.0. A system that was based on honesty and openness is about to get redefined, and I’m a bit worried about what might happen, and how the assets (wikipedia for ex) could be protected.

9. Beside blogs, do use other social software, like Flickr, Del.icio.us, Diigo, LinkedIn, or any other?
LH: I use them a little, mainly for self organization (my bookmarks, my pictures)

10. What can you expect of LiFT07, next February?
LH: I expect a lot of new ideas and to meet tons of new people. And LIFT will be a lot of fun this year, but I can’t really tell you why at this point :-).

Internet Wi-Fi gratis em Lisboa

Jardins DigitaisFoi lançado ontem, no Jardim Amália Rodrigues, o projecto-piloto Jardins Digitais. Através deste projecto da Câmara Municipal de Lisboa, em parceria com a Broadnet Portugal, a ZAPP e a PT Wi-Fi será possível aceder à Internet em cerca de 20 espaços públicos da cidade de Lisboa, até 2007, sem qualquer custo para o utilizador. Apenas é necessário ter um equipamento terminal com acesso Wi-Fi, um portátil, um pda ou um smartphone.

Poderão ter mais informações sobre esta iniciativa no site oficial em http://jardinsdigitais.cm-lisboa.pt, incluindo a lista dos locais abrangidos. Uma vez que em média, em Lisboa, apenas chove 10 dias em cada mês, espero poder usufruir deste serviço e ver esta imagem mais vezes nos jardins de Lisboa. Vemo-nos por lá!

Cheias em Pombal – fotos dos cidadãos

Viaduto da Linha do Norte em Pombal, totalmente submerso
Fonte: http://dpombal.no.sapo.pt/

Não sei se poderá chamar jornalismo participativo, jornalismo dos cidadãos ou mesmo sequer jornalismo, porém a verdade é que até agora, as fotos que melhor descrevem a destruição das cheias na cidade de Pombal são de cidadãos (mais precisamente Daniel Fuentes e Jóni Sousa), e estão disponíveis no endereço: http://dpombal.no.sapo.pt/.

Actualizado em 27 de Outubro de 2006 às 09h01:Pensando melhor, para quem não conhece a cidade, talvez fosse importante que as fotografias tivessem uma legenda que enquadrasse as pessoas.

3. Encontro de weblogs: 2.º dia

No 2.º dia do 3.º Encontro nacional de Weblogs, tenho de destacar o workshop “Introducción a la Web 2.0” dado por José Luis Orihuela, no qual os presentes puderam conhecer algumas das mais importantes aplicações da chamada Web 2.0, como por exemplo, o Del.icio.us, o Flickr, o Technorati, o BlogPulse, ou o Netvibes, entre muitas outras.

Enrique Dans no 3.º Encontro
A seguir ao almoço, de realçar a excelente apresentação de Enrique Dans, (autor do blog como o mesmo nome, disponível em http://www.enriquedans.com/ e professor do Instituto de Empresa), sobre a importância dos blogs nas organizações, denominada “La empresa y el ecosistema blog: un cambio dimensional”.

Para o ano está já previsto a realização do 4º Encontro, desta vez em Lisboa, organizado pelo Professor Rogério Santos da Universidade Católica, autor do blog Indústrias-Culturais (http://industrias-culturais.blogspot.com/).

3.º encontro de weblogs: notas prévias e 1.º dia

Tal como tinha referido no post anterior, estou no Porto, no 3º Encontro Nacional e 1º Encontro Luso-Galaico sobre Weblogs.

Antes das notas prévias, tenho de reafirmar que acho que estes encontros são óptimos para conhecer (e conversar) com algumas pessoas, como foi o caso do José Luis Orihuela (http://ecuaderno.com/), o Alex Primo ou mesmo o Luis Santos (http://atrium.wordpress.com/) (com quem nunca tinha falado pessoalmente), entre outros e para reencontrar velhos conhecidos como a Mónica André (http://b2ob.blogspot.com/), o Ricardo Bernardo (http://zone41.info/) ou mesmo, o Rogério Santos (http://industrias-culturais.blogspot.com/), orientador da minha dissertação de mestrado.

Notas prévias:

  • 3 horas de viagem de Lisboa ao Porto, no confortável Alfa-pendular, e para variar, super pontual, uma informação preciosa da vendedora do Andante, que segui à risca: metro até à Casa da Música e autocarro até ao Palácio de Cristal e eis-me no local do encontro, mesmo ao pé do Museu dos Soares dos Reis e do tão falado (e polémico) Túnel de Ceuta.
  • Internet Wireless disponível no local do encontro, só mesmo a da iniciativa e-U, com os seus conhecidos problemas, o que significou que a grande maioiria dos utilizadores tivessem muitas dificuldades em conseguir acesso à Internet. Pessoalmente, só tive sucesso utilizando o certificado e a o login e a password de outra universidade.

1.º dia

Em relação ao encontro propriamente dito, gostei sobretudo das intervenções da Catarina RodriguesBlogues regionais como espaços de cidadania e participação, da do Alex PrimoComunidades de blogs e espaços conversacionais, da do Manuel PintoBlogosfera e cidadania: perplexidades e horizontes (principalmente do debate que se seguiu) e é claro, como era previsivel, a do José Luis Orihuela, que fez uma apresentação simples, mas excelente sobre Porque é que os weblogs (não) vão acabar em 2006?.

Para terminar o dia, nada melhor que um óptimo jantar no Cais de Gaia, no Provas do Cais, seguido de uma breve passagem pelo bar Insenso, no meu primeiro “Beers & Blogs”.