Microsoft TechDays 2005

O 1.º draft da agenda do Microsoft TechDays 2005, que se irá realizar nos próximos dias 8, 9 e 10 de Novembro no Centro de Congressos de Lisboa já está disponível aqui.

Sobre este evento ler o post, muito pertinente do Hugo Batista, disponível aqui, intitulado “Como explicar ao chefe que está a poupar dinheiro com a minha participação
MicrosoftTechDaysCCLLisboa

VM Player

Depois de ter experimentado uma versão demo do VMware Workstation, é com bastante agrado que tive conhecimento do lançamento gratuito do VMPlayer.

De acordo com a apresentação deste novo produto, disponível aqui:

“VMware Player is free software that enables PC users to easily run any virtual machine on a Windows or Linux PC. VMware Player runs virtual machines created by VMware Workstation, GSX Server or ESX Server and also supports Microsoft virtual machines and Symantec LiveState Recovery disk formats.”

Uma ideia muito pertinente e sobretudo interessante, por que tal como refere Carlos Rodrigues (de tive acesso a esta informação, aqui) “Num cenário de desenvolvimento, testes ou demonstração de produtos, a existência de um player gratuito torna tudo muito mais interessante…”

Mais informações em:
http://www.vmware.com/products/player/
VMware

“As vozes da rádio, 1924-1939”

No 4.º Congresso da SOPCOM, “Repensar os Media: Novos Contextos da Comunicação e da Informação”, que terá lugar hoje e amanhã, no Campus Universitário da Universidade de Aveiro (cujo programa poderá ser consultado aqui), Rogério Santos do Indústria-Culturais lança, hoje, o seu livro “As vozes da rádio, 1924-1939”.

Informação via Memória Virtual.

SOPCOMAveiroRogério SantosIndústrias-CulturaisRádioMemória Virtual

Onyx ataca mercado da Siebel

Na sequência da compra da PeopleSoft e da Siebel por parte da Oracle, a Onyx, fornecedor de software de CRM, lançou uma estratégia comercial inovadora para angariação de novos clientes. Com base na incerteza que muitas vezes se instala nos clientes de plataformas aplicacionais adquiridas por novas empresas, como neste caso, a Onyx oferece créditos de assistência técnica a todos os clientes Siebel e PeopleSoft interessados em migrar destas plataformas para a sua plataforma. De acordo com este post, esta iniciativa inovadora já está a ter sucesso na Ásia.
PeopleSoftSiebelOracleOnyxCRM

“Blogs – a global conversation”

Nos últimos dias, na sequência de algumas leituras no meu agregador de RSS, andava a reflectir sobre os milhões de blogues existentes em todo o mundo, constituírem uma conversa global e que este podia ser um excelente ponto de partida para a minha tese de mestrado. Infelizmente, parece que este tema já foi abordado, a avaliar pelo título da tese de James Torio – “Blogs – a global conversation“. Pois bem, resta-me ler com toda a atenção esta tese que o autor disponibiliza no seu blogue aqui e compreender o seu ângulo de estudo.
Informação via Atrium.
blogsbloguesweblogstese

Blogues Políticos – Reflexão

Na sequência do 2.º encontro de Weblogs e do post “Blog Mania” in PC Mais – critica”, gostaria de reafirmar que não acredito que a blogosfera portuguesa se possa resumir à blogosfera política, ou que a primeira seja dominada pelos blogues políticos. Julgo que, na realidade esta esfera da blogosfera trouxe alguma visibilidade e mediatismo à blogosfera portuguesa, no entanto, apesar de neste momento não ter dados concretos para sustentar esta posição, acredito que, actualmente, os blogues políticos apenas representam uma minoria dos blogues temáticos portugueses.
Neste sentido, julgo que existem 3 razões principais para o maior protagonismo dos blogue políticos, na blogosfera portuguesa:

  • A política é um tema bastante amplo, que abrange diversos assuntos, desde as discussões mais complexas de teoria política, até às causas e soluções para o deficit, passando pelas políticas culturais ou educativas;
  • Tal como no futebol, a maioria dos portugueses gosta muito de expressar a sua opinião politica, sobre os mais diversos temas, numa espécie de “político de bancada”;
  • Por natureza as discussões políticas são mais acesas, que outros tipos de discussões. De mesmo modo, são também mais polémicas uma vez que, desde logo, à partida, existem 2 pólos opostos com posições distintas, ao contrário das restantes esferas temáticas da blogosfera, como o jornalismo/comunicação, onde as discussões acesas são uma raridade.

blogosferablogsweblogsblogues

Notas finais sobre o 2 Encontro de Weblogs

Antes de mais é importante referir o carácter informal do evento que permitiu conhecer vários autores que costumo acompanhar regularmente, como foi o caso do João Canavilhas do Blogue dos Marretas ou o Luís Santos do Atrium (com quem infelizmente acabei por não ter tanto contacto como gostaria) e simultaneamente conhecer pessoas interessantes com blogues muito actuais e pertinentes como o Manuel Matos do Que Universidade?.

Em relação às apresentações do encontro (motivo principal para a minha vinda à Covilhã) é necessário fazer a distinção entre as apresentações individuais (dos convidados) e as apresentações "colectivas" (fruto dos debates das sessões de trabalho dos grupos temáticos.

Nas apresentações individuais (nas quais incluo a sessão de abertura e a sessão de encerramento) é de relevar a intervenção de Ricardo Araújo Pereira, no registo que o caracteriza, pleno de ironia e humor e, principalmente, a apresentação de José Luís Orihuela que encerrou os trabalhos. A expectativa alta que tinha sobre a sua intervenção, dada a sua reputação e tudo o que tenho lido dele, foi claramente superada, sobretudo graças a sua capacidade de síntese e à sua visão objectiva e pragmática da realidade e do futuro. De referir também as apresentações interessantes de:

  • Manuel Pinto com a apresentação dos resultados dos questionários feitos aos participantes no encontro, dos quais destaco a mudança verificada na percepção dos blogues face aos media tradicionais, tendo passado de um meio alternativo em 2003, para um meio complementar;
  • Leonel Vicente com uma excelente retrospectiva da evolução da blogosfera em geral, e sobretudo da blogosfera portuguesa.
  • Paulo Querido sobre a liberdade e os blogues, com uma referência curiosa sobre o RSS (infelizmente tema pouco abordado no evento e que julgo terá um grande impacto futuro, na comunicação mediada por computador)

Sobre as apresentações dos vários grupos de trabalho, julgo que a principal nota a assinalar é que, apesar da pertinência dos vários temas, não houve tempo suficiente para sistematizar as ideias fruto dos debates, o que se traduziu em intervenções, na maioria dos casos, constituídas por ideias soltas. Das 6 apresentações devo realçar a crescente utilização dos blogues no meio académico (secundário e universitário), como ferramenta de trabalho entre os docentes e os alunos, raramente com o apoio das suas instituições.

Em síntese valeu bem a pena a ida a este encontro, quer pelo convívio social quer pelas apresentações e, sobretudo pela oportunidade de ouvir o José Luís Orihuela.

Sugestões para o 3 encontro, a realizar-se no Porto:

  • Etiquetas (crachás) com o nome do blogue e o nome do autor;
  • Workshop sobre como fazer um blogue e como o melhorar;
  • Debater o impacto do RSS(uma tecnologia que eu julgo ter surgido nos blogues) na comunicação mediada por computador.

Nota final: para mais informações sobre o 2 Encontro de Weblogs, recomendo a pesquisa da tag 2encontro no Technorati ou no Flickr, ou a consulta dos seguintes blogues:

2encontroblogsweblogs