Plano de Marketing para Alfama

AlfamaEm 2005, no âmbito da cadeira de Gestão e Marketing, do Mestrado em Ciências da Comunicação, variante Comunicação, Organização e Novas Tecnologias, foi-nos solicitado a elaboração de um Plano de Marketing, sobre um produto ou serviço à nossa escolha.

Ao contrário do que seria normal e mais simples, optei por não fazer um plano de marketing sobre um produto ou serviço, mas sim sobre um bairro de Lisboa – Alfama.

 

Caso estejam interessados, poderão consultar este documento na íntegra, no Scribd, em http://www.scribd.com/doc/11363028/Plano-de-Marketing-Alfama-HugoNS e sintam-se à vontade, para deixar as vossas opiniões, sugestões, comentários, críticas, aqui ou na página do Scribd.

Entretanto, só para vos criar alguma curiosidade eis a introdução do Plano de Marketing Alfama, 2005-2007:

O presente Plano de Marketing pretende ser um instrumento estratégico para revitalizar um dos mais tradicionais bairros históricos de Lisboa – Alfama, entre 2005-2007.

Antes de mais é necessário reforçar a aposta na reabilitação e requalificação urbana e na sua promoção, nomeadamente através de acções para a angariação de patrocinadores para a concretização das inúmeras obras necessárias, complementando o esforço que tem vindo a ser desenvolvido pela autarquia lisboeta. Só desta forma será possível diminuir drasticamente a percentagem de edifícios com grandes necessidades de reparação ou muito degradados existentes em Alfama, que de acordo com os Censos 2001, ultrapassava os 25%.

De seguida é importante investir no repovoamento e rejuvenescimento da população residente de Alfama, através do desenvolvimento de um conjunto de acções que visem cativar jovens, actualmente residentes em Lisboa ou na periferia, que trabalhem ou estudem na capital, que pretendam adquirir a sua primeira casa.

No entanto, a par deste 2 vectores é imprescindível valorizar a imagem de Alfama, enquanto bairro histórico, típico alfacinha, com as suas ruelas íngremes e as suas inúmeras escadinhas. É imprescindível transmitir aos jovens que procuram a sua primeira casa, quer seja para comprar ou arrendar, que Alfama é um bairro onde sabe bem viver, onde se respira a história da capital, onde se sente a alma de Lisboa.

  • http://muiomuio.net Mario Andrade

    Lembro-me perfeitamente da primeira vez que visitei Alfama. Tive o prazer de jantar num restaurante, onde comi um belo bacalhau cozido, com fado ao vivo.
    Isto tudo a contar com a deslocação nos transportes (Seixal – Lisboa) públicos ficou em menos de 20€.

    Concordo plenamente com o teu plano de marketing e acho que deveria ser considerado para outros bairros típicos.

    Na minha humilde opinião Lisboa tem imenso valor histórico que se está a deteriorar sem que a CM Lisboa tome uma medida antes de atingir o ponto em que é inevitável fazer algo.

    Para não dizer que a passagem que faço por lá nos Santos Populares é inevitável a bela da bifana e da ginginha de Alfama não me escapa 🙂