Agosto em Lisboa

Ao contrário do que costuma ser habitual, ao nível profissional, “Silly Season” foi algo que não existiu no mês de Agosto, pelo contrário. Como podem eventualmente ter reparado pela minha total ausência neste espaço durante mais de um mês, Agosto foi um mês bastante preenchido quer na Wingman, elaboração de propostas comerciais e desenvolvimento de alguns projectos, que como é habitual são sempre para ontem, quer em termos de projectos pessoais, uma vez que tive a concluir o desenvolvimento de um template avançado de WordPress para um amigo (logo que seja possível dar-vos-ei mais informação sobre este projecto, do qual tenho alguma esperança venha a ser uma iniciativa de sucesso).

Mesmo assim, consegui desfrutar do melhor que Lisboa tem no mês de Agosto. Tal com o Pedro Rebelo, também a minha família optou por viver em Lisboa. E um dos melhores meses para viver em Lisboa é mesmo Agosto. Enquanto pudermos, não faremos férias em Agosto. Além de ser mais barato fazer férias na 1.ª quinzena de Julho ou em Setembro, passear em Lisboa em Agosto é excelente. Com excepção da invasão espanhola a maioria dos locais que habitualmente frequentamos passam a estar vazios e inclusive estacionar na rua passa a ser uma coisa simples, independentemente da hora do dia.

Este ano, nos fins de semana de Agosto conseguimos conhecer alguns espaços novos, como:

  • o espaço “A ler devagar” na Fábrica Braço de Prata, que para quem não conhece é um espaço que devem conhecer. Constituído por várias salas cheias de livros dá-nos vontade de ficar durante horas, na conversa ou simplesmente a ler. Parece-me um espaço excelente para tertúlias e pequenos debates sobre os mais diversos temas;
  • o Jardim botánico de Lisboa, que me desiludiu bastante. Não me parece fazer sentido ter que pagar por um espaço que não está decentemente conservado e que poderia ser um ex-libris da cidade, caso fosse bem aproveitado. Uma vez que sei que não deve haver dinheiro para fazer a manutenção que este espaço necessita, acho que preferia uma de 2 alternativas: a) fosse gratuito e minimamente conservado, por exemplo passando a sua conservação para a CMLisboa, ou b) fosse pago, mas com um valor decente que fosse suficiente para manter o jardim impecável, que justificasse o seu preço de entrada.

Por outro lado, conseguimos revisitar alguns espaços que são bastante do nosso agrado:

  • A pizzaria Casanova, junto a Santa Apolónia, restaurante no qual vamos no mínimo 2 a 3 vezes todos os verões e que para mim tem provavelmente a melhor Pizza Calzone do país;
  • O Oceanário de Lisboa ( no ano em que passam 10 anos sobre a Expo98). Para mim o oceanário é daqueles locais, em que eu acho que nunca se foi demais. É sempre um prazer passear pelo oceanário e deliciarmo-nos com toda aquela vida animal sub-aquática e não só. Sendo que desta vez foi a 1.ª ida da minha filha (de quase 9 meses) ao oceanário. Ao contrário do que possam pensar, acho que ela gostou bastante, dado a atenção que ela dava ao movimento dos peixes, sobretudo aos maiores, tubarões, raias e atuns.

Por último, mas não menos importante, pelo contrário, os nossos domingos de Agosto terminaram todos no Parque Eduardo VII, no Pleno Out Jazz, a ouvir algum do melhor jazz que se faz em Portugal, sentados na relva ou num puff da Pleno. Por exemplo no último domingo foi a vez do Carlos Bica, que não deixou os seus créditos por mãos alheias. Em Setembro há mais, mas desta vez no Jardim da Estrela.

Entretanto na Internet, muita coisa importante aconteceu, como a divulgação dos vídeos de conceito do Aurora, pela Adaptive Path, o Ubiquity ou o Google Chrome, entre muitas outras coisas que os meus colegas do Prt.Sc foram dado nota.

Para o ano há mais Agosto, por agora ficamos com Setembro, no qual espero conseguir escrever com mais frequência. Pelo sim, pelo não, no entretanto para notas mais imediatas podem ir acompanhando a minha conta no Twitterhttp://twitter.com/hugons.

Até já.

Foto da autoria de: McPig

  • http://www.browserd.com Pedro Rebelo

    Efectivamente, assim que acabou Agosto, ala que se faz tarde… Lisboa só quando passar a febre de mudança à Silly People que regressou agora… Até lá…

  • http://www.iphil.com.pt Phil

    Epá…fiquei curioso em relação a esse espaço…”A ler devagar”…

    E sim, Lisboa é encantadora em Agosto!

  • http://evankstone.blogspot.com Evan Stone

    Lisbon sounds awesome – I would very much like to visit Lisboa someday! Muito obrigado!

  • http://arte-e-ponto.blogspot.com carla

    gostava que fosse ao meu blogue

  • http://arte-e-ponto.blogspot.com carla

    arte-e-ponto.blogspot.com