Sócrates e a Wikipedia

Eis a minha singela opinião sobre o caso das alterações na entrada da Wikipedia sobre José Sócrates, actual Primeiro-Ministro de Portugal.

Como em quase tudo, existem 2 formas de encarar este caso e todos aqueles que estão a ser referidos em diversos meios de comunicação social, por todo o mundo, desde o aparecimento do Wikiscanner:

  1. Com uma visão apocalíptica, mostrando a todo o mundo que o valor da Wikipedia é relativo, uma vez que qualquer pessoa, pode alterar uma entrada, omitindo informação sensível ou acrescentado dados incorrectos;
  2. Com uma visão optimista, pelo facto de a Wikipedia, ser um serviço que utiliza a inteligência colectiva para construir uma enciclopédia universal, baseada no princípio de que qualquer entrada pode ser editada por qualquer utilizador, de tal modo aberta, que permite facilmente identificar edições mal-intencionadas, por exemplo através do Wikiscanner ou pela própria equipa da Wikipedia;

Pessoalmente, prefiro a segunda forma de encarar todo este caso. Prefiro destacar o facto da Wikipedia, para além de ser um excelente serviço, que aproveita o conhecimento colectivo de todos nós, ser suficientemente aberta e transparente para permitir que se identifique, com relativa facilidade, utilizações abusivas e vândalas.

Nota: Apesar de ainda não ter concluído a minha tese, a partir deste post, este espaço deixa de estar suspenso. Porém a frequência de publicação nas próximas semanas, até à conclusão do trabalho que tenho em mãos, será bastante inferior ao normal.