Lift06: Pedido de desculpas

Apesar de ninguém se ter queixado (pelo menos até ao momento), como não gosto de faltar ao prometido, gostaria de pedir desculpa por ainda não ter tido oportunidade para publicar as minhas notas do 2.º dia da LIFT06. A verdade é que desde que regressei de Genebra, tenho estado bastante ocupado profissionalmente, o que associado à decisão irreversível de finalmente meter mãos à obra na minha tese de mestrado, não me tem deixado grande tempo livre. Nem imaginam a quantidade de posts acumulados no meu agregador de conteúdos que tenho por ler.

Mas voltando à LIFT06, apesar de esperar nos próximos dias publicar as minhas notas, gostava de vos dar conhecimento, que caso estejam interessados poderão ter acesso aos videos das conferências no seguinte link:
http://www.freestudios.tv/?cdroite=tablo_lift06

Ou se preferirem, poderão ter acesso a algumas das apresentações no site do evento em:
http://www.lift06.org/blog/?id=78LIFT06

  • Maíra

    E aí galera,queria mandar uma sugestão: Dêem uma conferida nesse link, é uma página que vai mostrar todos os oito filmes da Nike da Copa do Mundo antes de irem para a TV. O primeiro é muito louco e mostra o Eric Cantona com uma baita barba invadindo um estúdio de TV na Alemanha. Vale a pena conferir.
    É só acessar http://www.nk6.com.br/jogabonito

  • http://insustentaveleveza.blogspot.com/ Sabine

    Eu estou muito interessada em ler o que tu tens para contar acerca do LIFT06. Gostava que falasses mais do que se passou no 1º dia. E claro, tudo dos restantes. Já escrevi sobre isto:
    http://insustentaveleveza.blogspot.com/2006/02/um-outro-olhar-sobre-tecnologia.html
    Beijos e muita força com a tese de mestrado
    Fatima Cordeiro (Sabine)

  • http://www.lisbonlab.com HNS

    Obrigado,
    Espero durante o fds ter tempo para recuperar alguns posts atrasados nomeadamente os relacionadas com a LIFT.

  • Weverton

    Sinto saudade

    Sinto saudade do vento que corta
    Não a carne, mas o espírito

    Sinto saudade da velocidade que arrepia
    A pele que tremula ao inserir de um emoção

    Sinto saudade de gritos se soltando de grilhões
    Aqueles que vêm de dentro, fundo

    Sinto saudade de um alguém que sou
    Que anda profundamente vivo.