Reflexões sobre RSS [2]

No final da semana passada, um amigo, ao configurar o Netvibes, descobriu acidentalmente que o município de Pombal, de onde eu sou natural, disponibiliza os destaques do portal, as notas de imprensa e as Comunicações, Avisos e Editais do Município em formato RSS. Honestamente não sei quando teve início esta iniciativa inovadora, de grande utilidade para todos os munícipes do concelho de Pombal e cidadãos com algum interesse em Pombal.

No entanto, após uma rápida pesqusa rápida no Google, descobri que esta não é um caso único no nosso país. Além de Pombal, também Ansião, Redondo, Resende, Santo Tirso e Vieira do Minho já disponibilizam conteúdos em formato RSS. Pelos vistos, as autarquias locais começam a aperceber-se do papel importante que esta “tecnologia” pode desempenhar na aproximação das suas organizações burocráticas aos seus munícipes e restantes cidadãos.

No caso concreto do município de Pombal, por exemplo o ficheiro RSS relativo às “Comunicações, Avisos e Editais do Município de Pombal” é uma forma muito interessante de permitir que ex-munícipes daquele concelho, como é o meu caso, possam estar a par de eventuais processos onde sejam parte interessada. Esperemos que estes 6 casos (não sei se existam mais nos mais de 300 munícipios existentes no país), sirvam de exemplo/piloto para os restantes municípios.

Serviços disponíveis:

Município de Ansião:
Noticias do Municipio de Ansião;
Eventos do Município de Ansião.

Município de Redondo: Destaques.

Município de Resende:
Notícias de Resende;
Eventos de Resende;
Actualizações do web site;
Perguntas frequentes.

Município de Santo Tirso:
Notícias;
Eventos;

Município de Vieira do Minho:
Notícias;
Eventos

Município de Pombal:
Destaques da Página Principal;
Notas de Imprensa;
Comunicações, Avisos e Editais.

Por último, é importante referir que nenhum destes feeds passou no FeedValidator. Enfim, ninguém é perfeito, é um 1.º passo.

RSSPombalAnsiãoResendeRedondoSanto TirsoVieira do Minho

  • http://blog.claudiofranco.net Cláudio Franco

    Algumas delas pelo que me apercebi até utilizam o mesmo “motor” daí ser mais “fácil” a sua implementação.

    Acredita que fica difícil junto dos Municípios explicar o que é RSS e para que “serve”.

    Segunda Feira vou ter uma reunião, com o Município da terra para propor junto com o patrão a nova versão do website.

    Vai (espero eu) incluir RSS para vários conteúdos, assim como alguns para Telemóvel.

    No entanto acho que me vou trocar todo para dar a entender a eles o que é o RSS já que, nem o meu patrão sabe o que é.

  • http://andr3.net andr3

    Realmente é bom começar a ver estas coisas neste tipo de sites. Ainda no outro dia uma colega minha de Bioquimica veio ter comigo a falar duma cena nova “RSC ou lá o que é” dizia ela. Mas era mm RSS. 🙂 Parece que finalmente as coisas começam a chegar à população leiga. 😉

    Claudio, nao sei se ajuda nalguma cena, mas mt no inicio tentei fazer um post de iniciação as feeds. Espreita:
    http://andr3.net/blog/post/8

    Ando a pensar em fazer um guia mesmo orientado para pessoas leigas com vocabulário mais adequado… tlvz qd tiver mais tempo.

  • http://zone41.net _41

    Gostei de ver, infelizmente ainda à um grande caminho a correr!
    Hugo, tens conhecimento de mais CM?

  • http://vitor.carapecos.com Vitor Rodrigues

    Eu sou suspeito para o dizer, mas o site da minha freguesia tambem disponibiliza RSS 😀

    http://www.carapecos.com

    E, segundo o feedvalidator, a Feed RSS2.0 e’ valida 🙂

    Ha’ que agradecer aos tipos do mambo pelo bom trabalho 🙂

  • http://insustentaveleveza.blogspot.com/ Fatima Cordeiro

    Boa pesquisa!
    Ando cansada de fazer pesquisas sempre no mesmo sitio: o Google. Que outros motores de busca me aconselhas?

  • http://www.lisbonlab.com HNS

    Fátima, mais de 95% das vezes eu uso o Google, porque por enquanto parece-me ser o motor de busca que me dá mais resultados úteis. Em tempos utilizei o Exalead, que tem um modelo de apresentação dos resultados muito interessante, mas o seu universo de pesquisa não é tão abrangente e uiversal como o google. Para pesquisas sobre termos, uso cada vez mais a Wikipédia, de quem sou um verdadeiro adepto.

  • Pingback: credit score usefulness