RSS no Longhorn

A Microsoft anunciou esta semana que a nova versão do Windows, com o código de nome Longhorn, irá incorporar algumas novas funcionalidades relacionadas com as saídas RSS. Entre as principais funcionalidades que a equipa “Longhorn Browsing and RSS” (é mesmo esse o nome da equipa que está a desenvolver o Internet Explorer 7., o que só por si é revelador da atenção dada pela Microsoft a esta nova tecnologia que é o RSS) está a desenvolver destacam-se:

  • a possibilidade de pré-visualizar as saídas RSS e salvá-las numa pasta, qualquer coisa como “My RSSs”. A partir desta pasta, o utilizador poderá utilizar qualquer agregador para aceder a estas saídas RSS;
  • a integração das saídas RSS com o calendário do Outlook;
  • a criação de uma nova extensão RSS que permitirá ao utilizador fazer listas nos RSS subscritos.

Para mais informações, ver este filme, com demonstrações do Longhorn e do Internet Explorer 7.0 

BlogReporter – nota informativa [1]

Uma vez mais, gostaria de agradecer a todas as pessoas que demonstraram interesse em colaborar com o "BlogReporters". A adesão a esta "ideia de projecto" ultrapassou as mais optimistas expectativas.

De momento estamos a reunir a equipa e a definir as linhas mestras do projecto, para que esta ideia tenha o sucesso que todos pretendemos.

BlogReporters – esclarecimento

De forma a esclarecer uma dúvida que tem sido constante, nos comentários aos posts sobre o BlogReporters, gostaria de reforçar o seguinte:

Apesar de a ideia inicial prever unicamente a participação de licenciados em comunicação social, jornalismo ou jornalistas desempregados, essa ideia evolui para algo mais abrangente, tal como é referido no ponto 3 do post BlogReporters – algumas ideias chave: “todas as pessoas interessadas em participar neste projecto serão aceites, independentemente da sua formação académica”, ou seja, qualquer pessoa, jornalista ou não, poderá participar neste projecto.

Nota: Na sequência de um comentário foi acrescentada uma nova secção – Local.

BlogReporters – algumas ideias chave (cont.)

Mais 4 ideias chave para o BlogReporters:

6. As pessoas interessadas em participar no BlogReporters (a partir de agora designados por autores) receberão a password de acesso à aplicação de gestão de conteúdos do blog através de carta remetida para a sua residência habitual.

7. A responsabilidade dos textos publicados no BlogReporters é única e exclusivamente dos seus autores, os quais são os únicos detentores dos direitos das suas peças, pelo que os conteúdos do BlogReporters serão publicados sob uma Licença Creative Commons.

8. A participação dos autores no BlogReporters é totalmente voluntária e sem qualquer encargo.

9. Apesar do espírito do BlogReporters, a equipa responsável por este projecto não garante que a participação neste blog proporcione aos autores oportunidades de emprego.

BlogReporters – algumas ideias chave

Antes de mais gostaria de agradecer a todos os bloggers que tem ajudado na divulgação desta iniciativa, e principalmente a todas as pessoas que corresponderam ao apelo lançado, mostrando o seu interesse em fazer parte deste projecto.

De momento, estou a reunir a equipa e a definir as linhas mestras do projecto.

Entretanto, gostaria de referir 5 ideias chave para este projecto:

1. O BlogReporters será constituído pelas seguintes secções:

  • Nacional
  • Local – Actualizado às 09h05m de 23.06.2005
  • Política
  • Economia
  • Social
  • Desporto
  • Cultura/Lazer
  • Tecnologia
  • Ambiente (em vez de Opinião que poderá estar presente em qualquer uma das secções) – Actualizado às 14h12m de 22.06.2005

2. Cada área deverá ter um editor, um jornalista profissional, com vários anos de experiência profissional, que esteja disponível a colaborar com este projecto.

3. A aposta deste projecto será na qualidade e não na quantidade. Neste sentido, todas as pessoas interessadas em participar neste projecto serão aceites, independentemente da sua formação académica, no entanto apenas serão publicadas as peças a que os editores reconheçam qualidade e pertinência.

4. Tal como referi nos posts anteriores, o objectivo do BlogReporters é permitir que as pessoas interessadas em fazer jornalismo profissional, possam de uma forma simples e gratuita publicar as suas peças, demonstrando o seu valor. Porém, o BlogReporters não pretende ser apenas um espelho dos órgãos de comunicação social nacionais, mas antes um espaço novo e original, uma lufada de ar fresco no panorama dos média nacionais, no qual se façam finalmente as reportagens que nunca ninguém ousou fazer em Portugal, no qual se valorize a investigação e a inovação.

5. Seguindo o bom exemplo do Blogouve-se, o BlogReporters terá um Guia Ético e Técnico ou algo semelhante que defina as linhas gerais do blog.

Tratando-se de um projecto ainda em desenvolvimento, todos os comentários serão bem-vindos.

BlogReporters

Num desafio inovador em Portugal, “BlogReporters” pretende ser um blog no qual qualquer licenciado em comunicação social, jornalismo ou jornalista desempregado à procura de emprego poderá publicar gratuitamente as suas notícias, reportagens, entrevistas ou fotografias. Um espaço no qual estes indivíduos possam demonstrar a sua qualidade e valor, que poderá ser reconhecido por um editor de um órgão de comunicação social tradicional, que lhes proporcione uma nova experiência profissional.

Os interessados em participar neste desafio deverão expressar a sua vontade, para o email lisbonlab@gmail.com.

É importante referir que de acordo com o Netpanel, numa análise para os primeiros quatro meses de 2005, 28.3% dos portugueses que no período navegaram na internet consultaram blogs, o que representa quase 400 mil indivíduos.

Nota: Para uma melhor compreensão da génese deste desafio, aconselho a leitura do post anterior, sobretudo os últimos 2 parágrafos.

“A Blogosfera e o Cidadão” – comentários e desafio

Decorreu ontem na Cordoaria Nacional, o último debate do “Ciclo de debates do DN”, no qual estive presente. Subordinado ao tema “A blogosfera e o cidadão”, o debate foi moderado por Miguel Gaspar e contou com a participação de José Pacheco Pereira e Daniel Oliveira.

Durante as quase duas horas de exposição, as cerca de 20 pessoas presentes puderam participar na troca de ideias sobre os blogues em geral e a blogosfera portuguesa, em particular. Para um resumo mais completo, aconselho a consulta do Indústrias Culturais de Rogério Santos.

No que me diz respeito, gostaria de partilhar duas ideias que retirei do evento e lançar um desafio.

Ambos os intervenientes neste debate apontam a simplicidade dos blogues, associado ao seu carácter gratuito, como um dos principais factores justificativos do crescimento exponencial do número de blogues. Pessoalmente, não poderia estar mais de acordo. Os blogues são a simplificação tecnológica da Internet, uma vez que são simples tanto na perspectiva de quem escreve e publica conteúdos, como na perspectiva de quem lê, que graças à publicação das entradas numa ordem temporal inversa tem a possibilidade de, no segundo imediato a ter entrado no blog, ler o texto mais recente. Este aspecto foi também reforçado por Pacheco Pereira, segundo o qual os blogues têm um relação temporal muito forte com os seus leitores.

Recentemente, uma amiga, colega de mestrado e jornalista ficou desempregada. Recordo-me perfeitamente de na altura lhe ter sugerido que criasse um blogue onde publicasse as reportagens que estava a terminar, de forma a mostrar o seu valor e quem sabe ter alguma oportunidade profissional. Felizmente, por ter tido rapidamente uma oportunidade de trabalho noutro órgão de comunicação social, acabou por não seguir o meu conselho. Curiosamente, no evento de ontem, Pacheco Pereira afirmou que não conseguia compreender por que motivo é que os inúmeros recém-licenciados da área de  Comunicação Social ou os jornalistas desempregados, não criam os seus próprios blogues, nos quais podem publicar as suas notícias ou reportagens, mostrando as suas capacidades. Afinal, tempo não lhes falta. Na sua opinião, os “jornalistas” que tiverem qualidade e valor, serão certamente convidados a integrar os órgãos de comunicação social tradicionais.

Como muitas vezes o mais difícil é dar o pontapé de saída, associado à vertente experimental que associei a este blogue desde o seu início e ao enorme espaço de alojamento que neste momento possuo desde que migrei para um domínio próprio, gostaria de lançar o desafio de criar um blog, por exemplo “newsblog.lisbonlab.com” ou “observador.lisbonlab.com”. Nesse espaço qualquer licenciado em comunicação social, jornalismo ou jornalista desempregado, poderia publicar gratuitamente as suas notícias, reportagens, entrevistas ou fotografias. Pessoalmente, responsabilizo-me pela disponibilização do espaço de alojamento, pela criação do blogue e pela sua manutenção. Assim que haja três interessados em colaborar neste desafio, inicio a criação do blogue. Os interessados em colaborar deverão expressar a sua vontade, enviando-me um email para lisbonlab@gmail.com.